Luana

A indústria tech e o lixo eletrônico

Publicado em 20 de setembro de 2021
Translate: English | Français

Todo ano a Apple lança novos gadgets e macbooks, praticamente com pequenas melhorias que já poderiam ter sido implementadas previamente mas são guardadas pra agregar novidade aos produtos ano após ano, fazendo muitos consumidores trocarem seus aparelhos por modelos mais novos mesmo que os atuais estejam amplamente funcionais, com câmeras já super avançadas, etc. O mesmo vale pra Samsung, Xiaomi e todas as outras fabricantes de eletrônicos mas principalmente de smartphones e laptops.

Isso me faz pensar no quanto a nossa mentalidade foi manipulada com o passar do tempo e a rapidez com que a tecnologia implementa cada vez mais novidades torna impossível acompanharmos tudo.

E uma pergunta se faz inevitável: é realmente necessário trocarmos de smartphone, smartwatch, laptop, tablet, whatever uma vez por ano? Qual é o limite entre a tecnologia e o que verdadeiramente precisamos no nosso dia a dia? Será que fazemos por ego ou por FOMO? Não importa a resposta, se você troca de aparelho todo ano está contribuindo para que essa indústria continue gerando o consumismo desenfreado e toneladas de lixo eletrônico ainda que você passe o seu gadget antigo pra sua esposa, filho, marido, primo, sobrinho, bisavó, etc, sempre vai ter um lixo sendo gerado na ponta.

Gostar de tecnologia não significa ter sempre os últimos lançamentos mas usar de forma consciente cada produto até que se esgotem os recursos para as verdadeiras necessidades do seu dia a dia. E se pararmos pra pensar, no uso cotidiano precisamos de muito menos do que a indústria oferece nos últimos lançamentos.

Para que esse ciclo se quebre em algum momento e as big techs passem a lançar produtos apenas quando realmente tiverem um belo combo de novas funcionalidades, talvez de três em três anos? – a mudança no consumo deve começar com a gente.

Consuma menos, aproveite bem o que você já tem antes de trocar e estaremos fazendo a nossa parte.