Luana

Apple e a obsolescência através do software

Publicado em 9 de dezembro de 2020
Translate: English | Français

Em um post anterior citei que a Apple era a minha escolha de tecnologia. Também mencionei a minha insatisfação com algumas práticas da empresa em relação aos seus produtos e essa que vou citar aqui explica, ao meu ver, o que está acontecendo.

Para justificar sua linha Premium, os produtos da Apple são indiscutivelmente de excelente qualidade em componentes internos e design. As inovações continuam mas são colocadas aos poucos nos dispositivos pra justificar lançamentos anuais.

Por exemplo, o processador M1 da Apple somente foi colocado esse ano em novos Macbooks mas a Apple continuou vendendo equipamentos com processadores Intel mesmo com o M1 pronto. Possivelmente já existem umas 100 novas tecnologias que poderiam ser implementadas imediatamente em novos Macs mas a Apple vai alimentando o seu mercado consumista aos poucos, que independente de qualquer coisa sempre vai ter o último lançamento em mãos.

Mas o ponto principal nisso tudo é que a Apple não quer focar nos fanboys pois estes vão comprar tudo de novo ano após ano. O foco é nos usuários que como eu não desejam ter sempre o dispositivo mais novo. Quero apenas ter algo que Steve Jobs definia como: “It just works”.

E como os produtos Premium não podem deixar de ter componentes de qualidade, a forma de torná-los obsoletos é através do software (MacOS e iOS, por exemplo). Recentemente a Apple foi multada na Europa e nos EUA por limitar a velocidade de iPhones antigos através de uma atualização do software. E atualmente está praticando drenagem de bateria com updates do iOS, em que usuários de iPhone SE, 7 e XR vêem seus equipamentos drenando bateria rapidamente mesmo sem uso, após a atualização pro iOS 14.2. Lembrando que o XR é hoje o iPhone antigo mais robusto e com ótima duração de bateria ainda vendido. Ou era até o último update do iOS.

O mesmo acontece com os Macbooks. Macbooks antigos ficam cada vez mais lentos a cada atualização de software. Eu sou da tecnologia e entendo que atualizações deixam sim equipamentos antigos mais lentos por conterem novas funcionalidades, etc. Mas sinceramente? Não deveria ser o caso de um Macbook de 2018 e este ano já rodar com desempenho insatisfatório. É muito pouco tempo pra um equipamento tão caro ir ficando obsoleto assim. Ou será que temos que desembolsar todo ano mais de R$ 10 mil só pra ter um sistema operacional rodando liso? Difícil…

Meu Macbook Pro está impecável, novinho em folha. Mas a cada atualização de software sinto que a Apple ri da minha cara falando assim pra mim: “Vai ter que comprar outro…hehehe” E eu não quero mais me sentir idiota só por gostar de um produto. Eu quero ser respeitada e ter um equipamento que não vire lixo eletrônico em tão pouco tempo. E isso não é questão de dinheiro, é de bom senso mesmo!

A maçã já não tem mais o mesmo sabor, faz tempo.

Atualização


Este é o meu post de número 79 do desafio #100DaysToOffload – Just. Write.