Luana Olíveira

Blog pessoal pra compartilhar ideias e interesses

Bitcoin é pop mas Nano é tendência

Publicado em
Translate: English | Français

Assim como me interessei por Bitcoin em 2011 e me frustrei em 2017, chegou a hora de encararmos um fato: as criptomoedas chegaram pra ficar, gostemos da ideia ou não.

Porém, precisamos entender que o Bitcoin não é usado como uma criptomoeda. Apesar dele poder ser usado com essa finalidade é mais comumente usado como reserva de valor. E também: taxas de rede altas e a demora pra minerar um bloco e confirmar transações, fora os gastos exorbitantes com consumo de energia elétrica, então precisamos admitir: o Bitcoin é pop mas não é eficiente a ponto de justificá-lo como “moeda digital”. Ele pode sim ser considerado um “ouro digital” e toda aquela baboseira que já sabemos, mas o propósito útil dele como dinheiro está cada vez mais distante da realidade.

escrevi um post sobre investimento em uma possível alternativa ecológica e eficiente ao Bitcoin – a Nano, e aqui quero reforçar essa minha análise. Não espero que a Nano seja reconhecida rapidamente graças às suas inúmeras vantagens e melhorias em relação ao Bitcoin mas é importante termos um olhar atento aos movimentos de correção dela e de seu uso no futuro.

Nesse momento vejo o Bitcoin como um carro antigo que funciona bem mas gasta um combustível absurdo e a Nano é um carro elétrico ao estilo Porsche Taycan.

Inovar é preciso.

Atualização