Luana Olíveira

Meus conselhos definitivos sobre criptos

Publicado em 26 de março de 2021
Translate: English | Français

Fui a primeira da família a falar sobre Bitcoin em 2011 e na época não foi dada grande importância por ser algo ainda desconhecido da mídia, era mais experimental do que é hoje em dia mas ainda assim eu sempre comprava e fazia testes em poucos locais online que aceitavam, enviava pra amigos pra demonstrar a tecnologia e assim fiz a minha parte em divulgar algo que na época eu considerava inovador.

Com o tempo sabemos que o dinheiro fácil do holding em bitcoin foi atraindo cada vez mais interessados, em sua maioria nerds da tecnologia e assim a popularização a partir de 2015 foi uma consequência natural. A grande mídia tomou conhecimento, divulgou amplamente o “boom” das criptomoedas e ICOs, mais à frente grandes instituições passaram a abrir contratos futuros em bitcoin e finalmente as criptomoedas ganharam muita popularidade e hoje se tornaram maiores em valor de mercado do que muitas multinacionais juntas. Bolha ou não, essa modalidade de investimento se tornou importante demais pra ser ignorada.

Com isso, muitos parentes hoje em dia vem até mim tirar dúvidas, perguntam como investir, etc… então resolvi criar esse post apresentando alguns conselhos pra quem realmente deseja ter uma parte do portfólio financeiro em criptomoedas:

  • Primeiro de tudo: invista SOMENTE aquilo que não te fará falta de forma alguma. Como costumo falar: invista aquilo que você pode perder, simples assim. Sem grandes expectativas e a longo prazo os resultados tendem a ser melhores.
  • Em hipótese alguma coloque o seu dinheiro nas mãos de terceiros, mesmo que seja um conhecido seu. Aprenda a comprar e manter a segurança da sua carteira digital e assim estará muito mais seguro do que nas mãos de outras pessoas ou corretoras.
  • Jamais invista em fundos que prometem ganhos mágicos a curto prazo. Lucros podem sim existir mas o risco envolvido ao ter os seus bitcoins nas mãos de terceiros não vale a pena.
  • Frase pra lembrar sempre: Se você não tem as chaves dos seus bitcoins, você não tem bitcoins.
  • Outra frase pra lembrar sempre: SEJA O SEU PRÓPRIO BANCO.
  • Não acredite em ICOs com promessas de ganhos exorbitantes a curto prazo e mais uma vez reforço: JAMAIS coloque o seu dinheiro nas mãos de outras pessoas.
  • Invista em conhecimento e cuide do seu próprio dinheiro.
  • Hoje em dia não vale a pena de forma alguma minerar criptomoedas, visto que os maiores mineradores estão na China com galpões gigantes lotados de milhares de processadores caríssimos de última geração. Não caia em golpes que prometem lucros com mineração, não funciona. Esqueça também os faucets, pools, etc.
  • Na minha opinião, o tempo de investir grandes quantias em bitcoins acabou lá em 2015. Hoje em dia vejo como mais prudente pequenos investimentos constantes e pensando somente a longo prazo, sempre uma quantia que não lhe fará falta.
  • Não me pergunte sobre “empresas de fundos em bitcoin”, pois a experiência negativa de muitos desavisados com Atlas Quantum e Anubis que aplicaram golpes incalculáveis já nos provou que nada disso funciona.
  • O bitcoin foi criado exatamente pra que cada um pudesse cuidar do próprio dinheiro, então não faz o menor sentido terceirizar qualquer investimento.
  • Se não tem experiência, evite o trading/arbitragem. E muito menos confie em alguém fazendo isso por você. Fuja de receitas de bolo, o mercado é faminto e voraz.
  • Por fim, qualquer atitude tomada fora desses conselhos estará sujeita a prejuízo. Seja responsável e não deixe o FOMO tomar conta das suas emoções.