O desrespeito da Nintendo pelo Brasil

Não tenho a menor dúvida de que os brasileiros são um dos povos que mais fomentam consoles e jogos no mundo inteiro. O mercado de games cresceu exponencialmente de uns anos pra cá e a empresa que mais tem me chamado a atenção de forma negativa é a Nintendo.

No começo do ano passado eu cogitei comprar um Nintendo Switch que custava R$ 1800 (com o dólar de hoje está por volta de R$ 4 mil). No entanto, o console em si não é o problema mas o preço dos jogos praticados no Brasil que estão sempre na casa dos R$ 250 R$300.

Hoje li um artigo no qual a Nintendo sem aviso prévio aumentou de R$ 250 pra R$ 300 vários jogos na eShop Brasil. Nenhuma explicação. Que seja pelo dólar, mas ao meu ver é uma falta de respeito pelo consumidor brasileiro. Não é a toa que os lucros da Nintendo saltaram de 2018 pra cá.

Não me arrependo de não ter comprado o Nintendo Switch. Muito pelo contrário, estou feliz por não contribuir com essa empresa que já foi tão boa e conceituada nos anos 90 no Brasil. Deve ser por isso que aos poucos a Nintendo esteja voltando pra cá. Será que isso vai baratear o preço dos consoles? Talvez sim, porém já sabemos que os preços dos jogos não vão baixar tão cedo. Mas pouco importa, aqui a gente paga qualquer preço mesmo.

Este é o meu post de número 3 do desafio #100DaysToOffload - Just. Write.

Deixe um comentário