Luana Olíveira

Onde vamos parar com tantas assinaturas?

Publicado em

Translator: English | Français | Português


Quando o fim do ano chega eu inicio o processo de organização da minha vida digital e isso inclui rever assinaturas de aplicativos e serviços, checar o que realmente valeu a pena durante o ano e decidir o que devo manter ou cancelar.

O que me assusta é calcular o quanto me custou manter alguns aplicativos e serviços até agora que juntos somaram uma bela quantia e que se somados por mais cinco anos por exemplo, fica ainda mais assustador.

Então se tudo hoje no mundo digital se torna assinatura, como será que vamos lidar com todos esses gastos adicionais em um futuro próximo? Esse modelo será sustentável a médio/ longo prazo ou estamos experienciando uma bolha pronta pra estourar? Eu pessoalmente acho que não quero mais me sentir um peixe pronto pra fisgar a isca (de R$ 10 em R$ 10 parece pouco…), pois é assim que tenho me sentido em relação a maioria dos produtos e serviços digitais atualmente. Triste conclusão.

Enquanto isso, prefiro enxugar o meu “cardápio online” e pagar somente pelo que for estritamente indispensável aqui em casa.

Prevejo 2021 como um ano ainda mais minimalista pra mim. Não pela moda do que acham ser minimalista, mas literal e genuinamente.


Este é o meu post de número 48 do desafio #100DaysToOffload – Just. Write.